Senadores que tentaram bloquear votação voltam ao Wisconsin

Os 14 senadores que abandonaram o estado numa tentativa de adiar votação de uma lei que reduz os direitos dos funcionários públicos regressaram como "heróis"

Chamam-lhes os "Fantástiscos 14" ou os "14 Lutadores", lia-se ontem no The New York Times. O jornal americano escrevia sobre o regresso dos 14 senadores democratas que há várias semanas deixaram o Wisconsin num esforço, ainda que falhado, para bloquear a votação de uma lei que vai reduzir drasticamente os direitos sindicais dos funcionários públicos.

Apesar da ausência do grupo de senadores, a lei foi aprovada pela maioria republicana e assinada na sexta-feira pelo governador do estado, Scott Walker. A população, que durante o último mês tem saído à rua para protestar, louva a atitude dos senadores. "São os nossos heróis", disse ao The New York Times Paul Fieber, um reformado da função pública.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG