Polícia argentina desmantela rede de pornografia infantil

A polícia argentina desmantelou uma rede internacional de pornografia infantil e emitiu mandados de detenção para um total de 62 suspeitos em todo o país, informaram, esta sexta-feira, as autoridades locais.

"Identificámos os endereços de IP de computadores que continham material pornográfico e descobrimos o local físico, a partir do qual os dados foram transmitidos", indicou o Ministério da Segurança da Argentina.

Algumas das crianças envolvidas tinham menos de dez anos.

A investigação teve início em fevereiro de 2011 quando se descobriu que portais na Internet em Londres tinham feito o 'upload' do material pornográfico envolvendo menoresm a partir de servidores da Argentina.

A polícia Londrina alertou a Interpol e a polícia federal da Argentina, a qual conseguiu identificar os suspeitos.

As autoridades afirmaram ainda, num comunicado citado pela agência noticiosa francesa AFP, que durante as buscas a uma casa na cidade de La Plata, a cerca de 60 quilómetros a sul da capital Buenos Aires, a polícia confiscou um total de 14.000 fotografias pornográficas, envolvendo menores, bem como inúmeros DVD, cartões de memória e discos rígidos de computadores.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG