MP vai deixar cair todas as acusações contra Strauss-Khan

Os procuradores de Manhattan vão, de acordo com o jornal "New York Post", pedir esta terça-feira ao juiz que deixe cair as acusações contra o ex-director do FMI. A notícia surge um dia depois de o advogado da alegada vítima ter admitido esse receio.

De acordo com o "New York Post", na terça-feira, os procuradores vão apresentar uma moção a pedir o arquivamento do processo contra Dominique Strauss-Khan por considerarem que não será possível provar a sua culpa sem dúvida razóavel devido àquilo que consideram falta de credibilidade da camareira Nafissatou Diallo.

Uma fonte do jornal acredita que a moção incluirá factos inéditos que atacam a credibilidade da mulher que acusa Strauss-Khan de violação, a 14 de Maio, num hotel de Nova Iorque.

No sábado, o advogado de Nafissatou Diallo, a empregada de hotel que acusou o ex-director do FMI de violação disse acreditar que os procuradores planeiam retirar acusações contra Strauss-Kahn.

Em declarações ao jornal "The New York Times", Kenneth Thompson afirmou que a procuradoria de Manhattan convocou um encontro com a sua cliente para segunda-feira, um dia antes de Strauss-Kahn se deslocar a tribunal.

Esta é a segunda vez que o jornal "New York Post" avança que o MP vai deixar cair as acusações contra Strauss-Khan. Em Julho, o tablóide escreveu que isso iria acontecer na audiência seguinte em tribunal, dia 18 desse mês, ou até mais cedo.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG