Manning vai pedir perdão presidencial a Obama

O advogado de Bradley Manning, David Coombs, anunciou que vai pedir formalmente a Barack Obama para que conceda o perdão presidencial ao militar, dizendo que "é tempo de por fim ao sofrimento de Brad", condenado a 35 anos de prisão por fuga de documentos.

O advogado criticou o facto de Manning ter sido condenado a uma pena mais alta que "agressores de crianças". E confirmou que irá pedir clemência a Obama, "pelo menos que comute a pena por causa do tempo já cumprido".

Manning, que entregou documentos secretos ao site WikiLeaks, está há três anos e meio em prisão preventiva, tendo sido detido em maio de 2010.

No recurso, que será interposto no início da semana, Manning escreve: "se recusar o meu pedido, cumprirei o meu tempo sabendo que talvez seja preciso pagar um preço elevado para viver numa sociedade livre", relatou Coombs, numa conferência de imprensa na quarta-feira à noite.

O porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, disse que o pedido será examinado como qualquer outro.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG