Maduro diz que Chávez lhe apareceu como "passarito"

O candidato chavista às presidenciais de 14 de abril, Nicolás Maduro, começou a campanha em Barinas, o estado natal de Hugo Chávez, dizendo que o falecido presidente lhe apareceu na forma de "passarito pequenino" e o abençoou.

"Senti-o ali, a dar-nos a sua bênção, dizendo "Hoje começa a batalha. Ganhem. Têm a nossa bênção", afirmou junto dos irmãos de Chávez, no pátio da casa da família.

O candidato garantiu que o "passarito" lhe apareceu quando rezava de manhã numa capela, tendo comunicado por chilreios. "De repente entrou um passarito (...) parou numa viga de madeira e começou a chilrear, um chilrear muito bonito", disse emocionado. "Fiquei a vê-lo e também lhe assobiei", continuou.

"Senti o espírito dele", referindo-se a Hugo Chávez. O encontro entre Maduro e os irmãos do ex-presidente foi transmitido na televisão. O candidato da oposição, Henrique Capriles, começou a campanha em Maturín, com apelos ao voto. "Se fizermos o que temos que fazer, que é ir votar, o que se vai passar está escrito", afirmou.

Mais Notícias