Fundador do McAfee relata em blogue a sua fuga à polícia

John McAfee, fundador do antivírus homónimo, decidiu relatar no seu blogue os pormenores da sua fuga às autoridades de Belize, depois de ter sido considerado suspeito de homicídio.

Alegando a sua inocência no assassinato do empresário Gregory Faull, que era seu vizinho, McAfee relatou no seu blogue que se está a esconder do "assédio" da polícia, depois da mesma o ter considerado suspeito do crime, notícia o site da BBC.

No seu blogue, 'Who is McAfee?',o empresário alega estar a escrever para contar os tratamento que recebeu por parte das autoridades, mantendo a sua afirmação de não estar implicado no crime. A polícia local diz querer falar com o empresário para obter ajuda nas investigações e aconselhou-o a deixar de se esconder para poderem encontrar o criminoso, diz a BBC.

McAfee relata ainda pormenores da sua fuga, como o facto de ter mudado de aparência, pintando o cabelo e usando pastilha elástica nas gengivas superiores para engordar o rosto. Acrescentou que se escondia para poder observar a sua casa e ver o que as autoridades faziam para investigar o crime.

Não confiando na polícia, disse estar a fazer a sua própria investigação sobre a morte do vizinho. "A minha segurança está condicionada à verdade ser descoberta", pode ler-se no blogue, citado pela BBC.

O empresário afirmou que, caso seja capturado, o blogue vai continuar, visto que deixou material suficiente para 12 meses de publicações. Na hipótese da sua prisão o blogue ficará ao encargo de um amigo, Chad Essley.

Gregory Faull foi encontrado morto em sua casa em Belize, ao lado da de McAfee, no dia 11, com um tiro na cabeça. Apesar de ser suspeito no crime, McAfee ofereceu uma recompensa para quem encontrasse os responsáveis pelo assassinato, diz a BBC.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG