Florida, tal como em 2000, atrasa resultado final

A contagem de votos parou durante a noite na Florida, o único estado em que os resultados das eleições presidenciais desta terça-feira não foram proclamados devido a uma margem muito curta na diferença entre Barack Obama e Mitt Romney, avançou a cadeia de televisão norte-americana CNN. Assim, não se sabe ainda para quem vão os 29 votos eleitorais deste estado.

O incidente traz à memória o precedente de 2000, quando George W. Bus, republicano, foi eleito contra Al Gore, democrata, depois de a Florida ter atribuído a vitória a Bush quase um mês depois das eleições após decisão judicial.

Desta vez o atraso não terá as mesmas consequências, uma vez que Obama, democrata, conquistou uma vitória inequívoca sobre Romney, republicano, garantindo a sua reeleição.

Segundo a contagem de votos que foi apresentada no site do estado da Florida, Obama está em vantagem com 49,85% dos votos, contra os 49,29% de Mitt Romney. O democrata tem 4. 099. 461 votos, levando uma vantagem de 46.000 sobre o rival republicano.

As autoridades do estado, governado por Rick Scott, já anunciaram que estão preparadas para uma nova recontagem. Isso mesmo assegurou o secretario de Estado da Florida, Ken Detzner. A nova contagem ocorrerá se a diferença entre Obama e Romney é menor do que um ponto percentual. Se mesmo depois dessa recontagem, a diferença entre os dois candidatos for menor do que um quarto de um ponto percentual, então há que proceder à recontagem manual dos boletins de voto que estão em branco e os que surgem com os dois candidatos assinalados.

Mais Notícias