EUA detêm homem com urânio escondido em sapatos

A polícia dos Estados Unidos da América deteve na quarta-feira, no aeroporto JFK, em Nova Iorque, um cidadão da Serra Leoa que levava na sua bagagem pequenas quantidades de urânio escondidas nuns sapatos, adiantaram as autoridades da Florida.

De acordo com as autoridades, o homem detido chama-se Patrick Campbell, tem 33 anos e está acusado do contrabando de urânio, supostamente destinado ao Irão.

As autoridades fiscais asseguram que o homem viajou da Serra Leoa para os Estados Unidos com uma amostra de urânio escondida nas solas de uns sapatos que levava na bagagem.

Essa amostra deveria ser entregue a outras pessoas, que por sua vez a fariam chegar ao Irão.

A operação começou em 2012, quando os serviços secretos dos Estados Unidos colocaram um anúncio numa página da internet em que simulavam pretender comprar urânio para ser utilizado em armas nucleares.

Patrick Campbell respondeu ao anúncio e, segundo as autoridades, depois de vários meses de negociações, decidiu viajar para os Estados Unidos para mostrar o urânio e continuar com a operação, sendo depois detido.

Se for considerado culpado, incorre numa pena que pode ir até 20 anos de prisão.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG