Alerta laranja na Cidade do México por escassez de água

O presidente da Câmara da Cidade do México, Marcelo Ebrard, decretou hoje um alerta, devido à escassez de água na capital, que poderá entrar numa situação "sumamente grave" em princípios de 2010, se não conseguir poupar 71 milhões de metros cúbidos nos próximos meses.

O alerta é do nível "laranja" - o segundo mais grave de quatro níveis.

Segundo o autarca, devido à seca dos últimos meses, o "problema número um" da cidade é a água.

Adiantou que não se registava na cidade uma situação semelhante "nos últimos quarenta anos".

Entre as medidas anunciadas, o autarca anunciou a substituição das condutas para impedir as fugas de água.

No futuro, "toda a gente vai ter que fazer o seu programa de poupança de água", adiantou.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG