Fidel Castro aparece no encerramento do congresso do Partido Comunista cubano

O ex-presidente de Cuba, Fidel Castro, apareceu hoje na sessão especial de encerramento do VI Congresso do Partido Comunista (PCC) de Cuba.

Com a tradicional barba farta, Fidel Castro entrou no salão de Convenções de Havana, ouvindo-se um forte aplauso dos quase 1000 delegados presentes, que se levantaram, alguns deles exibindo lágrimas perante as câmaras dos canais de televisão cubanos. O líder da revolução cubana sentou-se no centro da mesa de dirigentes do PCC, ao lado do seu irmão e actual presidente de Cuba, Raul Castro.

Até agora ausente das sessões de trabalho, Fidel Castro lamentou, domingo, não ter assistido em pessoa, ao desfile dos 50 anos da frustrada tentativa de invasão norte-americana à Baía de Porcos, e à sessão inaugural do VI Congresso do PCC, que tiveram lugar no sábado.

Na segunda-feira, Fidel Castro pediu aos participantes que aprovassem as reformas propostas pelo seu irmão e Presidente de Cuba, Raul Castro e que "retificassem" no que fosse necessário para preservar o socialismo.

Mais Notícias