Estados Unidos são o país desenvolvido com maior taxa de armas por habitante

Existem 89 armas por cada 100 pessoas, excluindo o armamento da polícia e do exército. Também são o país desenvolvido com mais alta taxa de homícidios por arma de fogo.

Os Estados Unidos (EUA) são o país desenvolvido com a taxa mais alta de armas por habitante, existindo 89 armas por cada 100 pessoas, sem contar com o armamento policial e militar.

O debate sobre as armas de fogo, que matam mais de 30.000 pessoas por ano nos EUA, voltou a acender-se depois de um atirador ter assassinado dois jornalistas na quarta-feira, na cidade de Virginia, enquanto estes faziam um direto para a uma estação televisiva local norte-americana.

Segundo relatou a agência de notícias francesa (AFP), os norte-americanos também estão na liderança no que toca ao número de homicídios por arma de fogo, com 29,7 homicídios por ano por milhão de habitantes. A AFP apontou para os números disponíveis no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

Nesta matéria, o segundo país desenvolvido com a taxa mais alta é a Suíça, com 7,7 homicídios por um milhão de habitantes. Já a Austrália, que aprovou legislações mais restritivas sobre armas de fogo, viu a sua taxa de homicídios baixar para metade desde 1996 (1,4 homicídios por um milhão de habitantes).

Nos EUA, o número de assassínios em massa, isto é, mais de quatro pessoas mortas por armas de fogo, é muito elevado, com os dados compilados pela organização The Mass Shooting Tracker a apontarem para que já tenham ocorrido 248 assassínios deste género em 2015, mais do que um por dia face aos 238 dias que já passaram deste ano.

Apesar da frequência de homicídios, são os suicídios que representam o maior número de mortes por armas de fogo no país: 21.175 suicídios por armas de fogo contra 11.208 homicídios em 213, segundo os números avançados pelo Centro de Controlo e Prevenção de Doenças norte-americano.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG