Equipas de socorro falham recuperação da fuselagem do avião da AirAsia

Nos últimos dois dias as equipas de socorro têm estado a tentar retirar a fuselagem, que se encontra a uma profundidade de 30 metros. Guindaste ficou danificado e operação não foi concluída.

Equipas de socorro falharam novamente hoje a recuperação da fuselagem do avião da AirAsia do fundo do mar de Java, depois de um guindaste ter ficado danificado devido a uma súbita mudança meteorológica, disseram responsáveis.

O avião da AirAsia despenhou-se no Mar de Java no final de 2014, com 162 pessoas a bordo. Até à data foram encontradas 70 vítimas mortais que seguiam no voo 8501, que ligava a cidade indonésia de Surabaia a Singapura.

Nos últimos dois dias as equipas de socorro têm estado a tentar retirar a fuselagem, que se encontra a uma profundidade de 30 metros.

Hoje conseguiram trazê-la até à superfície, mas apenas durante dois minutos, antes do aparelho que a içava ter ficado danificado, disse à agência France Presse o oficial da marinha que supervisiona a operação de busca e salvamento, o contra-almirante Widodo.

Um corpo saiu da fuselagem antes de esta voltar a cair.

As caixas negras do avião já foram recuperadas e os investigadores estão a analisar as gravações de dados e de voz.

Destroços do avião e corpos das vítimas foram encontrados no Mar de Java mais de 48 horas depois de o Airbus A320-200 ter desaparecido dos radares a 28 de dezembro de 2014.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG