Egito bombardeia posições do Estado Islâmico na Líbia

A ofensiva surge horas depois de o EI ter divulgado um vídeo que mostra a decapitação de 21 cristãos coptas.

Aviões de combate egípcios bombardearam hoje posições do Estado Islâmico (EI) na Líbia, anunciou o exército no Cairo. A ofensiva surge horas depois de o EI ter divulgado um vídeo que mostra a decapitação de 21 cristãos coptas (cristãos egípcios), que foram sequestrados na cidade de Sirte, no norte da Líbia.

Os cristãos coptas egípcios executados aparecem nas imagens alinhados, numa praia em Tripoli, com as mãos algemadas atrás das costas, junto dos raptores vestidos de negro.

O Presidente do Egito, Abdul Fatah Khalil Al-Sisi, convocou, na noite de domingo, de urgência, o Conselho de Defesa nacional e prometeu punir os "assassinos" de maneira "adequada".

"As nossas forças armadas levaram a cabo na segunda-feira ataques aéreos visando acampamentos e locais de encontro ou de depósito de armas do Daech (acrónimo do EI em árabe) na Líbia", diz um comunicado do exército, citado pela agência noticiosa francesa AFP.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG