Durão Barroso acredita no desenvolvimento de África

O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, espera que a III cimeira UE-África permita o aprofundamento da relação entre os dois lados e acredita que uma cooperação mais sólida ajudará a desenvolver o continente africano.

"Agora devemos consolidar e aprofundar os nossos laços, apoiando-nos no potencial ainda não explorado das relações UE-África", sublinhou José Manuel Durão Barroso hoje em Bruxelas. Para este dirigente europeu, "uma cooperação mais sólida e mais intensa beneficiará consideravelmente o desenvolvimento de África e terá um papel importante na realização dos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio".

Trata-se do terceiro encontro de líderes europeus e africanos depois de o primeiro se ter realizado no Cairo (Egipto) em 2000 e o segundo em Lisboa em 2007, durante a presidência portuguesa da União Europeia (UE). "Em 2007, aquando da Cimeira de Lisboa, alcançámos progressos significativos ao adotarmos uma estratégia comum", disse Durão Barroso.

Durante a Cimeira de Tripoli, os participantes deverão defender um "crescimento inclusivo e durável" como motor principal do desenvolvimento e da luta contra a pobreza. Por seu lado, o presidente do Conselho Europeu, Herman van Rompuy, declarou que, "num contexto de globalização crescente e de crise económica e financeira, a parceria da União com África tem uma importância estratégica".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG