Dez migrantes africanos superam muro e entram em Melilla

Dez migrantes africanos conseguiram escalar hoje a barreira fronteiriça entre Marrocos e Espanha e entrar no enclave de Melilla, em plena luz do dia, um dia depois de 500 pessoas terem procurado ultrapassar este obstáculo.

Este ano, já houve mais de 60 tentativas de subir os sete metros da barreira circundante do território sob jurisdição de Espanha, na sua maioria realizadas de noite, segundo fontes oficiais.

"Cerca de 16 migrantes tentaram passar a barreira na zona norte e 10 conseguiram-no", disse uma porta-voz do autarca de Melilla.

Cerca de 500 pessoas, organizadas em pequenos grupos, tentaram na quinta-feira aproximar-se desta fronteira, muito guardada, mas foram repelidas pela polícia marroquina.

Pelo menos 15 mil pessoas tentaram entrar neste enclave de Espanha desde o início do ano, dos quais duas mil conseguiram, pelas estimativas oficiais.

Os enclaves de Ceuta e Melilla, governados por Espanha, são as únicas fronteiras terrestres da Europa com África.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG