Damasco pede cimeira árabe urgente para discutir situação do país

O governo de Damasco apelou hoje à realização de uma cimeira árabe urgente para discutir a crise política que afecta a Síria desde Março, noticiou a televisão pública síria.

"A Síria pede a realização de uma cimeira árabe urgente para responder à crise e às suas consequências negativas na conjuntura árabe", precisou a televisão. A notícia surge depois de no sábado a Liga Árabe ter decidido suspender a Síria devido à violência com que tem respondido à contestação social que dura há oito meses.

Numa declaração oficial difundida hoje na televisão, o governo diz que acolheria bem uma visita de dirigentes da Liga Árabe antes de quarta-feira, diz em que a suspensão entra em vigor. A decisão da Liga Árabe foi uma dura reprimenda a um regime que se orgulha de ser um bastião do nacionalismo árabe, mas é pouco provável que resulte no fim imediato da violência que, segundo a ONU, já terá resultado em mais de 3.500 mortes desde março.

Entretanto, numa conferência de imprensa hoje, o secretário-geral da Liga Árabe, Nabil al-Arabi, anunciou que a organização está a estudar a aplicação de um mecanismo que proteja os civis na Síria.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG