Crie o seu próprio conjunto de Lego e veja-o ser vendido em todo o mundo

A Lego quer ideias que possam eventualmente resultar num produto que seja colocado à venda. Para tal, terá de conseguir o apoio de dez mil pessoas.

À Lego Ideas chegam inúmeros projetos, mas não parece ser fácil agradar aos fãs dos eternos blocos, que há tanto tempo que agradam a crianças e adultos. Para quem quiser participar, terá de apresentar a sua ideia, tirar boas fotografias do projeto e escrever um texto apelativo. Ao começar a votação, então será altura de apelar ao voto, com as redes sociais a terem, certamente, um papel essencial para tal. Atingir dez mil votos pode requerer muita promoção, mas a votação tem a duração de um ano.

Sugestões não faltam como se pode ver no site. Umas são mais elaboradas do que outras, mas poucas são as que ameaçam conseguir alcançar os dez mil votos. O castelo de Frozen, o avião DC-3, um Corvette de 1969, um tiranossauro, Iron Man e os bonecos a representaram a banda Daft Punk estão a cem dias do final da votação e faltam entre mil a três mil votos. Se atingirem a marca desejada, os projetos serão depois submetidos a um júri que terão a palavra final se o conjunto de Lego irá ou não passar à fase de produção (terá direito a uma comissão).

Um pouco mais longe (tem menos de dois mil votos, mas ainda tem mais de 200 dias para cumprir ou não o objetivo), está uma loja de discos. Já são poucas e a imagem poderá despertar algumas memórias, tal é o detalhe do projeto. Os expositores com os discos, as caixas com alguns deles no chão, as decorações algo caóticas e até as patilhas num dos bonecos revelam a dedicação do autor.

Aliás, ao ler alguns dos textos será possível verificar que os projetos juntam a paixão do Lego a algo mais. É o que acontece ao autor do Corvette de 1969, que admite que sempre quis ter um.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG