Quase 5 mil plantas de liamba destruídas pela polícia

Três lavras com 4835 plantas de estupefacientes foram destruídas pelo comando provincial da Polícia Nacional angolana na quinta-feira.

Segundo a agência Angop, que cita o porta-voz do comando provincial da polícia, o superintendente chefe Estêvão Francisco Gonga, a operação, denominada "Kutuluka", permitiu a detenção de três pessoas, alegadamente os proprietários das lavras.

As localidades identificadas pelo porta-voz da polícia como as maiores produtoras de liamba são a comuna de Soqueco (município de Cacuso), Nguyo (Calandula) e Ngola Luige (Malanje).

De acordo com a mesma fonte, os efectivos da polícia estão a operar em toda a circunscrição da província para desmantelar as produções de liamba, no âmbito desta operação iniciada em princípios de Fevereiro e que termina no final do mês.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG