Juiz do Supremo dá novo julgamento a 12 dos réus

O juiz Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF) brasileiro, votou hoje a favor do recurso que permite a reabertura do julgamento de 12 dos 25 réus condenados no processo "mensalão".

A votação sobre a validade dos recursos estava empatada a 5 para cada lado e foi desempatada por Mello, o juiz decano do STF. Celso de Mello, na fundamentação do seu voto, explicou que os julgamentos do Supremo devem ser imparciais.

"Todo cidadão tem direito à livre expressão. Sem prejuízo da ampla liberdade de crítica, os julgamentos do Poder Judiciário, proferidos em ambiente de serenidade, não podem se deixar contaminar por juízos paralelos, resultantes de manifestações da opinião pública", disse, citado pela Agência Brasil.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG