Ex-diretor do Banco do Brasil está foragido

O ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores do Brasil (PT), Delúbio Soares, condenado no processo do "mensalão", entregou-se hoje à polícia em Brasília, enquanto o advogado do último condenado ainda em liberdade, informou que seu cliente encontra-se na Itália.

Delúbio foi condenado a oito anos e 11 meses de prisão por formação de quadrilha e corrupção ativa e deverá cumprir inicialmente o regime semiaberto.

O último réu ainda em liberdade, dos 12 que receberam ordem de prisão na sexta-feira, é o ex-diretor de marketing do Banco do Brasil, Henrique Pizzolato, condenado a 12 anos e sete meses de prisão por corrupção passiva, branqueamento de dinheiro e peculato.

Segundo seu advogado, que falou ao canal de televisão local "GloboNews", Pizzolato encontra-se na Itália. O réu terá deixado o país de forma clandestina, uma vez que seu nome constava na lista de pessoas impedidas de sair do país.

Na tarde de sexta-feira, o Supremo Tribunal Federal brasileiro expediu 12 ordens de prisão para os condenados no processo do "mensalão", cujas penas não possuem mais possibilidade de recursos.

Um dos primeiros a entregar-se à polícia foi o ex-presidente do PT José Genoino, condenado a seis anos e 11 meses de prisão por corrupção passiva e branqueamento de dinheiro.

Genoino, que afirmou ser um "preso político", chegou à delegacia de São Paulo gesticulando os braços com o punho cerrado para o alto, em sinal de força.

José Dirceu, ex-ministro da Casa Civil, condenado como o "mentor" de todo o esquema, entregou-se no final da noite, também em São Paulo.

Dirceu foi condenado por corrupção ativa e branqueamento de dinheiro, com uma pena total de dez anos e 11 meses.

Em carta aberta ao povo brasileiro, publicada em seu sítio na internet, pouco antes de entregar-se, o político disse que sua condenação era uma injustiça e que fora condenado "sem provas", também tentando dar um tom político à sua condenação.

Genoino e Dirceu serão transferidos ainda hoje para Brasília.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG