Dilma Rousseff recebe Joachim Gauck em São Paulo

A chefe de Estado brasileira, Dilma Rousseff, recebe hoje o Presidente alemão, Joachim Gauck, num encontro que servirá para discutir o alargamento das trocas comerciais entre a Alemanha e o seu maior parceiro na América Latina.

Os dois chefes de Estado terão uma reunião inicial no World Trade Center de São Paulo, seguida de uma declaração à imprensa e de um almoço de trabalho. A seguir regressam para um encontro alargado, onde se esperam cerca de 2 mil empresários de ambos os países e que marca o início oficial do Encontro Empresarial Brasil-Alemanha.

O encontro, de cariz marcadamente económico, pretende "ampliar o fluxo bilateral de comércio entre os dois países e fortalecer os laços entre as pequenas e médias empresas brasileiras e alemãs", de acordo com um comunicado do Ministério das Relações Exteriores do Brasil.

O texto recorda que o Brasil, uma das grandes economias emergentes, é o maior parceiro comercial da Alemanha na América Latina e sublinha que a Alemanha é um dos países que mais tem resistido à atual crise económica internacional.

De acordo com números oficiais, o fluxo comercial entre os dois países triplicou nos últimos dez anos, passando de 5,3 mil milhões de euros em 2002 para 16,5 mil milhões no ano passado.

A balança comercial é significativamente favorável ao Brasil, cujas exportações são o dobro das importações de produtos alemães.

O intercâmbio com a Alemanha representa cerca de 22% de todo o comércio com os 27 países da União Europeia.

A visita do presidente alemão ao Brasil insere-se numa viagem que começou na semana passada, com destino à Colômbia, e é a primeira viagem oficial de Joachim Gauck, um político independente de 73 anos, acompanhado de uma delegação empresarial.

Na terça-feira, o chefe de Estado da Alemanha viaja para o Rio de Janeiro, onde se reunirá com empresários e autoridades locais, e aí inaugurará as Jornadas Bilaterais Germano-Brasileiras, com o objetivo de aprofundar as relações nas áreas da economia, cultura e intercâmbio científico.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG