Defesa Civil já não acredita em encontrar sobreviventes

Estado dos corpos demonstra violência do impacto e faz com que responsáveis pelas buscas não acreditem em encontrar alguém vivo. Já foram encontrados 13 e sete ainda não foram identificados. 14 pessoas continuam desaparecidas.

"Infelizmente já não acreditamos em encontrar sobreviventes", salientou o secretário da Defesa Civil Sérgio Simões, citado pela AFP. O responsável acrescentou que os corpos apresentam muitas lesões, comprovando a violência do impacto, razão que leva a não acreditar em encontrar alguém ainda vivo. Dos 13 corpos encontrados, em quatro ainda não foi possível apurar o sexo. Dos restantes, cinco são homens, quatro são mulheres.

As buscas nos escombros dos três edifícios que desabaram na quarta-feira, no Rio de Janeiro, deverão prolongar-se por mais 48 horas, estando 310 elementos da equipa de socorro a participar na operação.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG