Presidente Xi Jinping estende o "sonho chinês" ao espaço

O Presidente chinês, Xi Jinping, descreveu hoje a exploração espacial como "uma parte do sonho de tornar a China mais forte".

"Com o desenvolvimento de programas espaciais, o povo chinês alcançará avanços ainda maiores", disse Xi Jinping, numa conversa telefónica com os astronautas chineses que se encontram há 13 dias no módulo espacial Tiangong -1.

Os três astronautas, entre as quais uma mulher, Wang Yaping, regressam à terra na próxima quarta-feira, concluindo a mais prolongada missão espacial chinesa.

"Sentimo-nos muito orgulhosos por poder contribuir para a realização do sonho espacial da nação chinesa", afirmou o comandante da missão, o astronauta Nie Haisheng.

O Tiangong-1 é o embrião da futura estação espacial chinesa, que deverá estar operacional em 2020.

"Sonho chinês" ("Zhong Guo meng") tornou-se uma das expressões mais citadas do discurso oficial na China desde que Xi Jinping assumiu a chefia do Partido Comunista Chinês, em novembro passado, e é geralmente entendida como uma manifestação da crescente confiança económica e científica da China.

A China lançou o primeiro astronauta há apenas dez anos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG