Pequim vai reclamar soberania sobre as ilhas Diaoyu

A China vai apresentar na ONU uma "proposta parcial" para reclamar a soberania sobre o arquipélago Diaoyu (denominado Senkaku pelo Japão), foco de um conflito diplomático desde que o Executivo nipónico comprou três ilhas, informou hoje o "China Daily".

Pequim levará o caso perante o organismo internacional - não obstante preferir resolver com negociação bilateral os seus conflitos territoriais - em resposta a medidas similares por parte do Japão, que também anunciou que levaria a disputa à Assembleia Geral das Nações Unidas, indicou o diário oficial.

A medida foi anunciada após um fim-de-semana de graves protestos anti-japoneses em várias cidades chinesas, que incluiu ataques contra a Embaixada nipónica em Pequim e a fábricas e estabelecimentos com investimentos do país vizinho.

Devido à violência registada em alguns protestos, a imprensa estatal chinesa mostrou-se hoje unânime em pedir maior prudência à população durante as manifestações.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG