Pequim apoia política de sucessão

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-il, obteve o apoio da China para a transferência de poder para o seu filho Kim Jong-un, garantiu ontem o chefe dos serviços de informações da Coreia do Sul perante uma comissão parlamentar. Segundo Won Sei-hoon, Kim obteve o apoio na sua recente visita ao país. O líder norte-coreano e o chefe do Estado chinês, Hu Jintao, reuniram-se no nordeste da China, encontrando-se o dirigente de Pyongyang acompanhado do filho mais novo e provável sucessor, Kim Jong-un, de 27 anos. "Os seus planos sucessórios foram reconhecidos, o que é um resultado considerável", admitiu o responsável dos serviços de informações sul-coreanos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG