Mulher encontrada morta depois de alegada violação

Uma mulher de 32 anos foi encontrada ontem morta, pendurada numa árvore, depois de suspostamente ter sido violada por um grupo de pessoas no estado indiano de Bihar.

O corpo, que estava seminu, foi recuperado pela polícia junto a uma plantação de mangas nos arredores da cidade de Bhagalpur.

A mulher viajava num comboio entre Nova Delí e Bihar e saiu em Bhagalpur, onde terá sido arrastada por um grupo de pessoas até à plantação de mangas, a cerca de 10 km de distância.

Existem porém versões contraditórias. Segundo alguns meios de comunicação indianos, o incidente terá sido denunciado por um primo e pelo marido da vítima, com quem viajava, juntamente com o seu filho de 10 anos. De acordo com o relato destes dois familiares, a mulher terá sofrido um ataque de ansiedade devido ao excesso de passageiros e terá saltado do comboio, que entretanto começou a andar a uma maior velocidade. Ela terá sido então agarrada por um grupo de pessoas embriagadas, arrastada e depois violada.

Por outro lado, a polícia revelou que um primeiro relatório mostra que a mulher não foi violada e que ter-se-á suicidado. No entanto, confirma a versão de que terá sido arrastada por várias pessoas até ao local onde foi encontrada morta. Lá foram encontradas várias garrafas de bebida, um bilhete de comboio e um papel com o número de telemóvel.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG