Grupo de estudantes neo-zelandeses em quarentena

Alunos fazem parte de um grupo de 25 pessoas que passaram três semanas no México.

Dez estudantes neo-zelandeses, com idades entre os 15 e os 18 anos, que apresentaram sintomas de gripe depois de três semanas no México, têm provavelmente gripe suína, declarou hoje o ministro da Saúde Tony Ryall.

Os estudantes fazem parte de um grupo de 25 pessoas – 22 alunos e três professores do colégio Rangitoto – que regressaram no sábado do México, via Los Angeles, nos EUA, tendo sido postos em quarentena na Nova Zelândia.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG