Giap, o general que derrotou franceses e americanos

O mais importante general vietnamita e herói da independência era uma pessoa determinada em libertar o país do domínio ocidental. Um estratega brilhante que vergou duas potências militares. Morreu hoje, aos 102 anos.

O general Vo Nguyen Giap, herói da independência do Vietname, morreu hoje aos 102 anos. "Posso confirmar que Giap morreu às 18h08" (12h08 em Portugal continental), afirmou à France Press um responsável governamental vietnamita. A morte foi também confirmada por fonte militar.

Giap ficou conhecido pela sua obsessão em libertar o Vietname da ocupação ocidental e uni-lo sob o domínio comunista do regime de Hanói, tornando-se uma lenda viva depois de liderar vitoriosamente as tropas vietnamitas contra a França e os Estados Unidos da América durante a guerra.

Além de Ho Chi Minh, Vo Nguyen Giap foi o mais importante comandante militar vietnamita e principal responsável pelas mais significativas operações militares de guerra.

Comandou a primeira guerra da Indochina (1946-1954) e a guerra do Vietname (1960-1975). Participou nas batalhas históricas de Lang Son (1950), Hoa Binh (1951-1952), Dien Bien Phu (1954), Ofensiva do Tet (1968), Ofensiva da Páscoa (1972) e no final da campanha Ho Chi Minh (1975).

Além de militar, Giap também foi jornalista, ministro do interior do governo do presidente Ho Chi Minh, comandante do Exército do Povo do Vietname, ministro da Defesa e membro da direção do comité central do Partido Vietnamita dos Trabalhadores que se tornou, em 1976, no Partido Comunista do Vietname.

Nasceu no Vietname a 25 de agosto de 1911,na província de Quang-binh, tendo-se doutorado em economia pela universidade de Hanói. Depois de acabar os seus estudos lecionou História em Hanói, filiando-se mais tarde no partido comunista onde participou em vários protestos contra a ocupação francesa. Foi preso em 1939, mas conseguiu escapar para a China onde se juntou a Ho Chi Minh para começar a lutar pela libertação do Vietname. A sua mulher morreu na prisão e a sua irmã foi executada.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG