Em cada 100 habitantes há 112 cartões de crédito

O número de cartões de crédito em Macau no final de 2012 subiu 16,4% face a 2011, fixando-se em 648.881 cartões emitidos pelas instituições financeiras da Região, ou seja, cerca de 112 cartões por cada 100 habitantes.

Os dados divulgados hoje pela Autoridade Monetária revelam que, com uma população estimada de 576.700 pessoas - dados oficiais do final do terceiro trimestre de 2012 -, o número de cartões de crédito emitidos em Macau superava em quase 100 mil unidades o número de residentes da Região.

Este número pode ser explicado com a emissão de cartões em várias moedas - patacas, dólares de Hong Kong e yuan.

Em patacas, as instituições financeiras de Macau tinham emitido 470.751 cartões, mais 13,8 % do que no final de 2011.

Até ao final de dezembro de 2012 foram também emitidos 70.953 cartões de crédito em dólares de Hong Kong, mais 6,3%, e 107.177 em yuan, mais 39% do que no final de 2011, tendo-se registado um aumento de 41,2% nos cartões em duas moedas (patacas e yuan).

O limite de crédito concedido aos titulares dos cartões totalizava 10,8 mil milhões de patacas (cerca de mil milhões de euros), mais 21,4% do que em setembro de 2012.

O crédito usado no quarto trimestre de 2012 ascendeu a 3,4 mil milhões de patacas (cerca de 316 milhões de euros), mais 21,5% do que no mesmo período de 2011.

No último trimestre, os titulares dos cartões de crédito emitidos em Macau pagaram 3,2 mil milhões de patacas (cerca de 298 milhões de euros), incluindo juros e despesas, um montante 7,4% superior ao que foi pago no mesmo período de 2011.

Os elevados montantes utilizados pelos titulares de cartões de crédito em Macau não pode ser dissociado do facto de não estar disseminado na Região Administrativa Especial chinesa um sistema multibanco generalizado, semelhante a outros países e que permite o débito direto quando se efetua um pagamento num estabelecimento comercial.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG