Atentado mata duas pessoas em Banguecoque

Duas pessoas, uma delas uma criança de 12 anos, morreram numa explosão sucedida hoje num bairro comercial de Banguecoque, no local onde decorria uma manifestação a pedir a demissão do Governo da primeira-ministra Yingluck Shinawatra.

Uma mulher de 40 anos e um jovem de 12 anos perderam a vida e ficaram feridas 22 pessoas pela explosão que se produziu junto de um supermercado e a pouco distância de importantes centros comerciais da capital tailandesa.

O sangue era visível no local e militares e polícias procediam a buscas e inspeções e embora as autoridades se recusassem a revelar a causa da explosão, desde o início do movimento de contestação ao Governo de Yingluck Shinawatra que estas manifestações são regularmente atacadas à granada e com disparos de pessoas não identificadas.

A crise política na Tailândia já provocou 17 mortos, entre os quais uma menina de cinco anos que sucumbiu a disparos efetuados durante uma manifestação antigovernamental sábado numa cidade do leste do país.

Além da demissão de Yingluck, os manifestantes exigem o fim da influência de seu irmão, Thaksin Shinawatra, antigo primeiro-ministro afastado por um golpe militar em 2006, que se encontra exilado.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG