Aluno mata professora a tiro durante uma aula

Uma professora foi morta a tiro esta segunda-feira por um estudante durante uma aula numa escola secundária em Viljandi, no sul da Estónia.

Segundo as autoridades locais, o adolescente de 15 anos, que foi detido, utilizou uma arma registada em nome do pai para atirar sobre a professora de 56 anos, no que foi o primeiro caso deste tipo naquele Estado báltico.

"O tiroteio aconteceu durante uma aula de alemão em que a professora foi fatalmente ferida", disse a porta-voz da polícia, Kristina Kostina, à agência France-Presse.

"Não há mais nenhuma vítima ou feridos", acrescentou.

O motivo para o ataque permanece por esclarecer.

Segundo o jornal Postimees, o rapaz, que ainda não identificado, terá feito comentários perturbadores no Facebook, onde também colocou fotografias de armas e de guerra.

"Não me julguem porque sou calado. Ninguém planeia um homicídio em voz alta", terá sido um desses comentários citado pelo Postimees, feito pelo jovem no passado dia 01 de abril.

Os meios de comunicação estónios citaram o diretor da escola, que descreveu o rapaz como "um jovem muito bem comportado" que anteriormente não tinha registado nenhum problema na escola.

"A sua prestação na escola não era má, era um estudante de nível médio", disse o diretor Aavo Palo à imprensa.

"Não tenho informação que a professora tenha tido, anteriormente, algum tipo de conflito com estudantes e até agora eu não faço ideia do que terá acontecido neste caso", acrescentou Palo.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG