Primeiro-ministro anuncia novo governo de transição

O primeiro-ministro líbio, Abdel Rahim al-Kib, anunciou hoje a formação de um novo governo de transição que deverá dirigir o país até às eleições que terão lugar no próximo ano.

O Ministério da Defesa será chefiado por Oussama Jouili, um antigo comandante das forças rebeldes em Zintan - responsáveis pela captura de Seif al-Islam, filho do líder líbio deposto Muammar Kadhafi - e o Ministério do Interior será confiado a Faouzi Abdelal, da cidade de Misrata.

O governo tem 24 ministros e três pastas são chefiadas por mulheres. "Posso garantir que toda a Líbia está (representada) neste governo", declarou o primeiro-ministro numa conferência de imprensa em Tripoli. Achour ben Khayal, um desconhecido, terá o cargo de ministro dos Negócios Estrangeiros e Abdelrahmane ben Yazza chefiará a pasta crucial do Petróleo e do Gás.

O advogado Fathi Terbel, membro do Conselho Nacional de Transição, detido a 15 de Fevereiro no início da revolta popular em Benghazi, vai ser ministro da Juventude e Desporto.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG