Níger disponibiliza-se para acolher 'drones' dos EUA

O Governo do Níger declarou-se hoje pronto para acolher uma base de aviões não tripulados ('drones') dos EUA, destinados a monitorizar os movimentos de grupos ligados à Al-Qaida, atualmente instalados no norte do Mali, noticia a AFP.

A declaração foi feita pelo ministro da Defesa, Karidjo Mahamadu, à agência noticiosa.

O ministro acrescentou, no entanto, que desconhecia a existência de um acordo formal, a autorizar a colocação de drones norte-americanos em território do Níger.

Um dirigente norte-americano afirmou na segunda-feira que o Pentágono estava a planear estacionar 'drones' na região, muito provavelmente no Níger, para reforçar a vigilância da Al-Qaida do Magrebe Islâmico (AQMI) e os seus aliados.

O Governo dos EUA tem expressado receios de que a AQMI, um dos grupos que se apoderou do norte do Mali há 10 meses, esteja a expandir-se na região e a evoluir para uma ameaça terrorista global.

Os combatentes da AQMI têm atravessado com facilidade as fronteiras no deserto entre Mauritânia, Argélia e Níger, e desenvolvido tráfico de drogas e pessoas para a Europa.

Estão bem treinados, estão bem armados e mantêm vários ocidentais como reféns, mas são muito dependentes de combustível para as suas deslocações na vasta área do Sahel.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG