Mulher morre afogada em Maputo durante culto religioso

Uma mulher morreu afogada na praia da Costa do Sol em Maputo, durante um culto para a "purificação da alma", noticia hoje a imprensa local.

A mulher, 55 anos, que estava doente, morreu na sexta-feira ao engolir muita água, após ser mergulhada várias vezes por um pastor de uma seita religiosa não identificada, noticiam jornais locais, citando o porta-voz do Comando da Polícia em Maputo, Orlando Mudumane.

O pastor não terá notado que a vítima estava a perder forças e encontra-se detido por homicídio involuntário, afirmou Mudumane.

As cerimónias religiosas dentro de água por parte de seitas de base cristã ou por cultos animistas locais, são frequentes na praia da Costa do Sol.

PMA // JMR

Mais Notícias

Outras Notícias GMG