Morte de Kadhafi pode ser considerada um crime de guerra

A morte do antigo líder líbio Muammar Kadhafi poderá ser considerada um crime de guerra, afirmou quinta-feira em Nova Iorque o procurador do Tribunal Penal Internacional (TPI), Luís Moreno OCampo.

"Manifestámos as nossas preocupações" ao governo de transição líbio e questionámos sobre como serão julgados os crimes cometidos durante a revolta que derrubou o homem forte da Líbia, disse.

"A morte de Muammar Kadhafi é uma das questões que deverá ser clarificada, saber o que se passou, porque existem sérias suspeitas de que se tratou de um crime de guerra", declarou aos jornalistas Moreno OCampo.

Kadhafi foi morto pelos rebeldes a 20 de Outubro em Sirte após a sua captura em circunstâncias pouco claras.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG