Mais de cem mortos em explosão e incêndio em oleoduto

Mais de uma centena de pessoas morreram hoje na explosão e posterior incêndio de um oleoduto num bairro de lata da capital queniana, Nairobi, anunciou a polícia.

"Calculamos o número de mortos em mais de cem", indicou Thomas Atuti, um responsável policial da zona, à agência noticiosa francesa AFP.

A explosão ocorreu na zona industrial de Lunga Lunga, que é rodeado pelo bairro de lata de Sinai, com pequenas casas com tecto de zinco e densamente povoado.

"Tinha havido uma fuga na canalização e as pessoas tentavam recuperar o combustível", declarou um habitante do bairro, Joseph Mwego, referindo o "grande estrondo" e a uma "forte explosão" posteriores.

Um jornalista da AFP viu várias dezenas de corpos calcinados perto do local da explosão.

A meio do dia os bombeiros pulverizavam o oleoduto com um produto químico para conter o fogo, enquanto a polícia tinha instalado um cordão de segurança e afastava a multidão, segundo a AFP.

Em 2009, 122 pessoas morreram no oeste do Quénia na explosão de um camião cisterna que se tinha voltado e de onde tentavam retirar combustível.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG