Filha de Kadhafi apela para derrube dos novos governantes

A filha do antigo líder líbio apelou hoje aos seus compatriotas para derrubarem os novos governantes, um apelo que poderá pôr em perigo o estatuto de refugiada que recebeu na Argélia.

Numa mensagem áudio divulgada pela estação televisiva Al-Rai da Síria, 40 dias depois da morte do pai, Aisha Kadhafi apelou para a revolta contra o regime que "chegou com os aviões da NATO".

Com a queda de Tripoli para as forças rebeldes líbias, Aisha, dois dos seus irmãos e a mãe refugiaram-se na vizinha Argélia.

O apelo de Aisha coloca-a em conflito directo com as autoridades argelinas, às quais a família Kadhafi prometeu não fazer declarações públicas para não perder o estatuto de refugiada humanitária.

Depois de idênticas declarações feitas em setembro, as autoridades argelinas avisaram Aisha que poderia ser expulsa do país.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG