Canal de televisão do regime desmente a morte de Khamis Kadhafi

Uma estação de televisão conotada com o regime do coronel Muammar Kadhafi desmentiu hoje a morte de Khamis Kadhafi, um dos filhos do líder líbio, cujo desaparecimento foi anunciado na segunda-feira pelos rebeldes.

"Repetimos que a informação sobre a morte de Khamis é uma mentira", referiu a estação na sua página online na rede social Facebook.

O canal Allibya, que é dirigido por outro filho do coronel líbio, Saif al-Islam, suspendeu as transmissões após os rebeldes terem assumido o controlo de Tripoli, mas continua a divulgar informações, de forma esporádica, através da rede social.

Os rebeldes líbios anunciaram na segunda-feira que Khamis tinha morrido durante um confronto perto de Tripoli e que tinha sido enterrado. "Um dos líderes rebeldes confirmou-me que Khamis tinha sido morto em Tarhouna, a cerca de 80 quilómetros de Tripoli", indicou na altura o ministro rebelde da Justiça, Mohamed Allegi.

Esta não é a primeira vez que Khamis Kadhafi é dado como morto. No início de Agosto, os rebeldes anunciaram a morte de Khamis, na sequência de um raide aéreo da NATO, mas esse anúncio foi desmentido pelo regime, que emitiu imagens do filho de Kadhafi a visitar feridos num hospital.

Khamis, 28 anos, é o filho mais novo de Kadhafi e o responsável por uma das brigadas mais eficazes das forças fiéis ao coronel líbio.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG