Ação russa "não pode continuar sem consequências"

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, concordaram hoje, numa conversa telefónica, que o comportamento da Rússia na Ucrânia "não pode continuar sem consequências", anunciou o executivo de Berlim.

"Eles mostraram-se muito preocupados com várias informações sobre a chegada de mais soldados russos e de material militar russo" ao leste da Ucrânia, declarou o porta-voz do governo alemão, Steffen Seibert, em comunicado.

O responsável alemão referiu ainda que Merkel e Obama "concordaram que um tal comportamento [da Rússia] não pode continuar sem consequências".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG