Abbas considera impossível criação de Estado palestiniano com futuro Governo israelita

O presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmud Abbas, considerou hoje ser impossível chegar à criação de um Estado palestiniano, ao lado de Israel, com o próximo Governo do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.

"As declarações de Benjamin Netanyahu contra a solução de dois Estados e os apelos do ministro dos Negócios Estrangeiros Avigdor Lieberman a pedir a morte dos árabes israelitas provam, a serem verdade, que o Governo israelita não quer uma solução política", disse.

Abbas falava perante a direção palestiniana em Ramallah, na primeira reação pública aos resultados das legislativas israelitas.

"Não vamos mudar a nossa posição", acrescentou, numa referência à ofensiva diplomática e judiciária iniciada pelos palestinianos.

"Temos o direito de recorrer a todas as instituições internacionais para conseguir que os nossos direitos sejam respeitados e que as resoluções internacionais sejam aplicadas", sublinhou.

Os palestinianos pretendem entregar, a partir de 01 de abril, junto do Tribunal Penal Internacional, a primeira queixa de "crimes de guerra" contra os dirigentes israelitas, acrescentando não terem renunciado à obtenção de uma resolução da ONU que fixe um termo para a ocupação israelita.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG