Brasil: Geoglifos na Amazónia podem revelar o passado dos povos da América do Sul

Rio de Janeiro, Brasil, 09 Ago (Lusa) - O estudo de sítios arqueológicos na região amazónica poderá revelar o passado dos habitantes da América do Sul antes da chegada dos colonizadores e os geoglifos, que formam figuras geométricas de grandes dimensões, ainda são um desafio para a ciência.

Descobertos na década de 1970 no Estado do Acre, Norte do Brasil, os geoglifos são grandes formas geométricas desenhadas na terra (círculos, quadrados, octógonos), que têm entre 113 a 200 metros de largura e entre 30 centímetros a 4,5 metros de profundidade.

Desde Abril, os geoglifos são candidatos a património histórico e material da UNESCO. No entanto, apesar de pioneiros, os estudos são incipientes para esclarecer a construção destas estruturas.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG