Aconteceu em 1948 - Truman e Dewey de acordo sobre ameaça comunista

DN de 29 de outubro de 1948 noticiava que os candidatos democrata e republicano à Casa Branca partilhavam da mesma opinião sobre o perigo comunista.

Harry Truman, num discurso em Boston, e Thomas Dewey, em campanha em Cleveland, falaram ambos da ambição da União Soviética em espalhar a sua influência na Europa e não só. Noticiava, pois, o DN na primeira página de 29 de outubro de 1948 que "Truman e Dewey estão de acordo no combate à expansão comunista".

A ida às urnas nos Estados Unidos estava marcada para dali a quatro dias, na terça-feira 2 de novembro, e previa-se umas presidenciais muito disputadas, com Dewey a ambicionar dar aos republicanos uma vitória que lhes escapava desde 1928. Contudo, no dia decisivo, Truman, que sucedera a Franklin Roosevelt por morte deste em 1945, acabou por ser reeleito presidente. E Dewey, que o Chicago Daily Tribune chegou dar como vitorioso, voltou a perder, tal como acontecera em 1944 frente a Roosevelt. Ficou célebre a foto de Truman a mostrar o jornal que, erradamente, atribuia a vitória ao rival.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG