Exclusivo A prova dos nove da Comissão Von der Leyen

Comissários europeus começam a ser ouvidos pelas comissões do Parlamento Europeu nesta segunda-feira. Mas a polémica já vai longa. Elisa Ferreira, comissária da Coesão e Reformas, tem audição marcada para 2 de outubro. Como irá a alemã Ursula von der Leyen resolver todo o impasse?

As audições dos novos comissários europeus ainda não começaram - arrancam nesta segunda-feira e vão até 8 de outubro - e já a polémica vai longa. Alguns comissários foram instados pelos eurodeputados a dar explicações sobre eventuais conflitos de interesses, dois foram chumbados, outros estão a ser alvo de investigações nos respetivos países por razões várias e pelo menos um lidera uma pasta cujo nome é considerado inaceitável: a da Proteção do Modo de Vida Europeu. Muitos se perguntam agora o que vai fazer a nova presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, para que a sua equipa seja aprovada pelos eurodeputados e entre em funções a 1 de novembro.

Numa primeira triagem da comissão de Assuntos Jurídicos do Parlamento Europeu foram chamados a dar mais informações comissários como Josep Borrell, Elisa Ferreira, Johannes Hahn, Stellia Kyriakidu, Rovana Plumb, Didier Reynders, Kadri Simson e Janusz Wojciechowski. No caso da comissária portuguesa, Elisa Ferreira, designada para a pasta da Coesão e Reformas, as dúvidas dissiparam-se depois de esta anunciar a venda das ações que detinha da Sonae, no valor estimado de 13 800 euros.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG