Exclusivo Os gloriosos 240 anos da amizade e da cooperação entre a Rússia e Portugal

A 24 de outubro de 1779, o ministro plenipotenciário de Portugal Francisco José de Horta Machado entregou em São Petersburgo as suas cartas credenciais à imperatriz Catarina II, a Grande.

As relações diplomáticas entre a Rússia e Portugal completaram nesta quinta-feira, 24 de outubro, os 240 anos. Ou, mais bem dito, "apenas os seus primeiros 240 anos", já que o nosso relacionamento multifacetado e mutuamente vantajoso, baseado na amizade e simpatia sincera entre os povos russo e português, tem um potencial enorme a ser aproveitado por nós e pelas futuras gerações.

Foi em 24 de outubro de 1779 que o ministro plenipotenciário de Portugal Francisco José de Horta Machado entregou em São Petersburgo as suas cartas credenciais à imperatriz Catarina II, a Grande, assim marcando a formalização dos laços existentes há muito entre as duas potências e estimulando a construção da parceria luso-russa, na qual os dois Estados têm sido empenhados.

Como é de costume diplomático, os ministros dos Negócios Estrangeiros russo e português, Serguei Lavrov e Augusto Santos Silva, trocaram na quinta-feira as cartas de felicitações reiterando a vontade política de desenvolver e diversificar a cooperação bilateral.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG