Exclusivo Aconteceu em 1949 - Há 71 anos, os polícias sinaleiros tinham um Natal só deles

A Segunda Guerra Mundial veio interromper o Natal do SInaleiro em Portugal. Mas quando foi retomado, em 1949, angariou ofertas de toda a espécie e cativou a população lisboeta

Era Véspera de Natal em Lisboa, há 71 anos, e algo de inusitado se passava: cinco vistosos pinheiros de Natal (como então se dizia), ornamentados com vidros, luzes e faixas que os identificavam como representando o Natal do Sinaleiro encontravam-se em diferentes pontos da baixa da capital. Tratava-se de um convite aberto dirigido à população para oferecer o que pudesse aos polícias sinaleiros lisboetas. A iniciativa partira do Automóvel Club de Portugal (ACP) e em 1949 foi patrocinada pelo Diário de Notícias e o seu "colega" (hoje dir-se-ia concorrente) O Século.

"O Natal do Sinaleiro: As dádivas encheram os postos e a população presenciou com interesse a sua entrega", assim noticiava o DN o ato de solidariedade que copatrocinava.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG