Exclusivo Meteorologia: o desafio de comunicar com rigor na era da informação ao segundo

O novo mundo, imediato e, por vezes, cedendo à urgência de informar antes de confirmar, revela-se campo de desafio para as previsões meteorológicas. Informar em tempo real, sem gerar confusão nos públicos, são metas apontadas pelo meteorologista do IPMA Nuno Lopes.

Sem perder as qualidades que há muito lhe dão bom pretexto para início de conversa, o estado do tempo assume, atualmente, outros contornos, como o mediatismo nos media, mas também nas redes sociais. Do clássico boletim meteorológico, passámos a informação ao momento, com carácter local, de curto, médio e longo prazo. Hoje, nomeamos tempestades, tornando-as protagonistas da atmosfera, estamos atentos aos avisos meteorológicos, às imagens captadas por satélites e radares. Uma cartilha da nova meteorologia que desfiamos com o meteorologista Nuno Lopes, chefe de divisão de previsão meteorológica do IPMA.

A meteorologia mediatizou-se nos meios de comunicação social e nas redes sociais. Este é um novo desafio para os meteorologistas na forma como comunicam?

Mais Notícias

Outras Notícias GMG