Exclusivo Aconteceu em 1930 - Chega ao fim julgamento do caso Alves dos Reis

Alves dos Reis condenado a pagar uma indemnização de 531 851 libras ao Banco de Portugal.

O termo do longo julgamento da Waterlow & Sons foi o grande destaque na edição de 23 de dezembro de 1930 do Diário de Notícias, tendo a firma sido condenada a pagar uma indemnização de 531 851 libras ao Banco de Portugal.

Em causa a falsificação de um contrato do banco, que na altura era parcialmente privado e que permitiu a Artur Alves dos Reis ter acesso a notas ilegítimas, mas impressas numa empresa legal e com a mesma qualidade das verdadeiras.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG