Exclusivo O cinema tem sexo? Este ciclo vai responder

Uma mostra de cinema feito por mulheres. Chama-se Realizadoras Portuguesas e junta Cláudia Varejão, Margarida Gil, Teresa Villaverde ou Margarida Leitão. Não pretende ser feminista, apenas celebrar o nosso cinema.

Vamos voltar ao Caleidoscópio, cinema que foi espaço de iniciação cinéfila para muitos da geração de 70. Onde está agora um McDonald's e um espaço da Universidade de Lisboa, o cinema abre-se de novo ao público. A partir desta sexta-feira há sessões grátis de um ciclo chamado Realizadoras Portuguesas que visa mostrar o trabalho das cineastas portuguesas que mais se impuseram no pós-25 de Abril. Uma lista que estranhamente não inclui Rita Azevedo Gomes ou Catarina Ruivo mas que faz uma bonita ponte entre passado, presente e futuro.

Esta mostra resulta de um projeto desenvolvido pelo Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, o Portuguese Women Directors, financiado pela Gulbenkian. Projeto esse que deve funcionar como uma tese de como a partir de um olhar feminino o cinema português ganhou uma diversidade ainda maior.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG