A lei do mais forte. Sporting vence Feirense e marca encontro com o Benfica

Sporting junta-se a Benfica, FC Porto e Sp. Braga nas meias finais da Taça de Portugal depois de vencer em Santa Maria da Feira, por 2-0, com golos de Wendel e Bruno Fernandes. Leões vão lutar por um lugar na final com os encarnados agora treinador por Bruno Lage.

A lei do mais forte também se fez valer em Santa Maria da Feira. Depois de ver Benfica, FC Porto e Sp. Braga superiorizarem-se a adversários teoricamente inferiores na terça-feira, os leões fizeram o mesmo esta quarta-feira frente ao Feirense, por 2-0. Dois grandes golos, um de Wendel e outro de Bruno Fernandes carimbaram assim a passagem dos leões às meias finais da Taça de Portugal... onde o Benfica já os esperava.

Não houve Taça, mas o espetáculo ficou garantido para as meias finais. E não só. O Sporting e o Benfica vão defrontar-se duas vezes no período de quatro dias no início de fevereiro. Os rivais lisboetas começam por medir forças no dia 3 para a 21.ª jornada da Liga. Ainda está em aberto o cenário de um terceiro duelo na final da Taça da Liga.

Os leões mereceram o triunfo, mesmo sem terem feito uma exibição completa frente a um Feirense que na primeira parte se limitou a respirar quando o Sporting deixou e no segundo tempo podia até ter chegado ao golo. A superioridade dos leões fez-se sentir desde o primeiro minuto de jogo, mas inexplicavelmente a equipa de Keizer não acertava com a baliza... sem contar com o golo anulado a Bas Dost, por falta sobre Nascimento, aos 34 minutos.

E quando acertava encontrava um grande guarda-redes pela frente. Bruno Brígido esteve inspirado e lá foi evitando o golo. Só nos primeiros 15 minutos de jogo evitou o golo a Nani (por duas vezes) e a Wendel. Depois fechou a primeira parte com uma dupla (e monstruosa) defesa a evitar que Bruno Fernandes, primeiro, e Bas Dost na recarga inaugurassem o marcador.

O segundo tempo trouxe um Sporting diferente. Menos obcecado com as tabelas à entrada da área e mais objetivos a explorar os flancos, com Wendel e Nani a variar Bas Dost falhou um golo de baliza aberta e o desespero dos adeptos foi crescendo, à medida que via a equipa leonina desperdiçar oportunidade num jogo a eliminar. Nani por duas vezes e Raphinha ficaram perto de marcar, mas o golo só apareceu num momento de génio de Wendel aos 64 minutos. O brasileiro livrou-se de dois defesas e rematou em arco para o golo. E quase não houve tempo para festejar. Dois minutos depois mais um golaço. Um remate de longe daqueles que só Bruno Fernandes faz e que leva os adeptos suster a respiração até ver a bola entrar na baliza.

O segundo golo dos leões abriu mais o jogo e isso permitiu ao Feirense aventurar-se por terrenos até então pouco explorados, principalmente com a entrada de Crivellaro. E foi então que Salin entrou no jogo para evitar qualquer tentativa de aproximação do Feirense. O francês esteve imperial quando foi chamado a intervir por Crivellaro e Valencia e foi segurando a vantagem até ao fim.

Luiz Phellype estreou-se, esteve 13 minutos em campo e ainda atirou uma bola ao poste de fora da área.

Seguem-se agora dois dérbis com o Benfica.

FIGURA

O golo é de inegável capacidade técnica e importância. Livrou-se de dois adversários e rematou em arco sem hipóteses para Brígido fazendo o 1-0. Mas não foi só isso. Conseguiu dar, e por várias vezes, superioridade numérica no aos leões ataque e esteve perto do golo em duas ocasiões até ao intervalo.

FICHA DE JOGO

Jogo disputado no Estádio Marcolino Castro, em Santa Maria da Feira

Feirense - Sporting: 0-2

Marcadores: 1-0, Wendel, 64; 2-0, Bruno Fernandes, 66.

Equipas:

Feirense: Bruno Brígido, Diga, Bruno Nascimento, Briseño, Tiago Gomes, Aly Ghazal (Cris, 76), Marco Soares, Valência, Vítor Bruno, João Tavares (Crivellaro, 68) e Steven (Edinho,76)

Treinador: Nuno Manta Santos.

Sporting: Salin, Ristovsky, Coates, Mathieu (André Pinto, 76), Acuña, Gudelj, Bruno Fernandes, Wendel (Petrovic, 80), Raphinha, Nani e Bas Dost (Luiz Phellype, 76).

Treinador: Marcel Keizer.

Árbitro: Fábio Veríssimo (AF Leiria).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Ristovsky (27).

Mais Notícias

Outras Notícias GMG