Premium Canelas 2010. As acusações de violência, a ligação aos Super Dragões e o sucesso desportivo

Equipa de Gaia fez história ao apurar-se para os quartos-de-final da Taça de Portugal. Na quinta-feira, joga com o Académico de Viseu (20.00) e sonha com uma presença nas meias-finais para jogar frente ao clube do coração de grande parte da equipa.

O Canelas 2010 é a grande surpresa da Taça de Portugal deste ano, por conseguir o apuramento para os quartos-de-final da prova. O clube apareceu no calendário desportivo nacional em abril de 2017, e não foi por um bom motivo: nesse mês, o país ficou a conhecer o clube por causa da agressão à joelhada de Marco Gonçalves, avançado da equipa de Vila Nova de Gaia, a um árbitro. O caso, que levou ao adiamento imediato do encontro com o Rio Tinto, fervilhou nas redes sociais e as imagens ultrapassaram fronteiras. Jornais como a Marca, o The Sun ou o Le Figaro noticiaram o caso.

De repente, o modesto clube de Gaia estava nas bocas do mundo. As queixas multiplicaram-se e levaram à praça pública a discussão sobre a violência no futebol. As agressões em campo, a violência nas bancadas e as ameaças a treinadores e árbitros passaram a ser notícia diária. Os árbitros também se queixaram do clima hostil e confessaram em surdina o medo de ir ao campo do Canelas. A situação chegou ao ponto de o clube sofrer um boicote aos seus jogos por parte de 12 dos 13 clubes que pertenciam à Associação de Futebol do Porto (que se defendeu dizendo não ter queixas contra a equipa e o clube em questão).

Ler mais

Mais Notícias